quarta-feira, agosto 23, 2006

HISTÓRIAS DE SANTOS CRISTÃOS / CRISTÃOS SANTOS

São Jorge, cristão?!

Nascido na antiga Capadócia, região que atualmente pertence à Turquia, Jorge mudou-se para a Palestina com sua mãe após a morte de seu pai. Lá foi promovido a capitão do exército romano devido a sua dedicação e habilidade - qualidades que levaram o imperador a lhe conferir o título de conde. Com a idade de 23 anos passou a residir na corte imperial em Roma, exercendo altas funções.


Por essa época, o imperador Diocleciano tinha planos de matar todos os cristãos. No dia marcado para o senado confirmar o decreto imperial, Jorge levantou-se no meio da reunião declarando-se espantado com aquela decisão, e afirmou que os os ídolos adorados nos templos pagãos eram falsos deuses.


Todos ficaram atônitos ao ouvirem estas palavras de um membro da suprema corte romana, defendendo com grande ousadia a fé em Jesus Cristo como Senhor e salvador dos homens. Indagado por um cônsul sobre a origem desta ousadia, Jorge prontamente respondeu-lhe que era por causa da VERDADE. O tal cônsul, não satisfeito, quis saber: "O QUE É A VERDADE ?". Jorge respondeu: "A verdade é meu Senhor Jesus Cristo, a quem vós perseguis, e eu sou servo de meu redentor Jesus Cristo, e nele confiado me pus no meio de vós para dar testemunho da verdade."


Como São Jorge mantinha-se fiel a Jesus, o Imperador tentou fazê-lo desistir da fé torturando-o de vários modos. E, após cada tortura, era levado perante o imperador, que lhe perguntava se renegaria a Jesus para adorar os ídolos. Jorge sempre respondia: "Não, imperador ! Eu sou servo de um Deus vivo ! Somente a Ele eu temerei e adorarei". E Deus, verdadeiramente, honrou a fé de seu servo Jorge, de modo que muitas pessoas passaram a crer e confiar em Jesus por intermédio da pregação daquele jovem soldado romano. Finalmente, Diocleciano, não tendo êxito em seu plano macabro, mandou degolar o jovem e fiel servo de Jesus no dia 23 de abril de 303. Sua sepultura está na Lídia, Cidade de São Jorge, perto de Jerusalém, na Palestina.


A devoção a São Jorge rapidamente tornou-se popular. Seu culto se espalhou pelo Oriente e, por ocasião das Cruzadas, teve grande penetração no Ocidente. Ironicamente, Jorge, que repudiava a adoração a ídolos, tem hoje incontáveis devotos que inclinam-se diante de imagens de barro que o representam.


Verdadeiro guerreiro da fé, São Jorge venceu contra Satanás terríveis batalhas, por isso sua imagem mais conhecida é dele montado num cavalo branco, vencendo um grande dragão. Com seu testemunho, este grande exemplo de cristão nos convida a seguirmos Jesus sem renunciar o bom combate.


Mais do que isso, a renunciar algo tão difundido como a adoração a estátuas de barro, que por ser praticada por tantas pessoas chega a ser visto como algo normal e correto aos olhos de Deus.

Lembre-se, está na Bíblia: a adoração a ídolos é abominação aos olhos de Deus. É só ir lá conferir. Para facilitar, utilize o link ao lado.

Não se proste diante de imagens, que nada farão por você. Adore somente a Deus.

Jesus te ama! De verdade mesmo!!!

1 Comments:

Blogger dany atosinstitutosocial said...

Gente parece feito por anti cristo essa frase herbalife e para todos mas nem todos são para herbalife muitos dizem as mesmas palavras

4:51 PM  

Postar um comentário

<< Home